Quem escreve?

10527701_731833093518781_4253675349408065953_n  O Cartas para Helena são as aventuras, erros, acertos e reflexões de uma jovem mulher sobre o passado, presente e futuro.

 

Caso você queira reproduzir o conteúdo deste blog, tirar dúvidas, enviar uma sugestão ou apenas conversar, é só mandar um email pelo formulário abaixo:

 

8 comentários

  1. Cinthia

    Amei esse post. Em tempos em que as pessoas gostam de rótulos e de impôr padrões galgados em suas próprias “certezas”, essa carta é prova imensa de amor, sanidade e respeito à vida. Um beijo a toda a família.

  2. Carla

    Em plena 7:00 da manha de uma segunda feira, abri meu facebook e uma amiga me deixava o link de uma de suas cartas.
    Posso dizer que, dentre todas as outras coisas, pessoas, links, sites, esse blog vou acompanhar pro resto de sua existência.

    Parabens aos papais e à Helena!

    Emocionante e único! Lindo!
    Com amor,
    Carla

  3. Inara Sousa

    Adorei suas cartas. São confissões pertinentes de um olhar repleto de coragem, incertezas, afeto.. Hj sinto a minhA Isadora pular no meu ventre e sinto vontade de desde ja apresentar mundo e minhas razões. Obrigada por esse espaço de tanta doçura.

  4. Jaqueline

    Paola, te leio desde 2012 quando você escrevia sobre literatura em uma revista online e lembro que foi um texto sobre livros de fantasia e como adultos precisavam cultuar a imaginação que me peguei te considerando uma amiga. Hoje estou com quase 40 anos e dois filhos pequenos e o Cartas para Helena tem sido um lugar onde sempre volto para lembrar de quem sou quando não estou trabalhando horas a perder de vista em processos difíceis ou tentando criar meus filhos em meio ao caos de um divórcio problemático.
    Te acho original e honesta por falar de assuntos que muitas pessoas acreditam ser desconfortáveis e persistir, mesmo com anos de espaço entre uma publicação e outra, em como recomeçar é essencial.
    Foram os textos do fim do seu casamento, da mudança para a cidade grande, do dia que você percebeu que não era o seu trabalho, palavras assim que nos fazem acreditar que esse blog é um ambiente seguro para quem está perdido.
    Muito obrigada por continuar e se precisar de qualquer coisa, você tem meu e-mail.
    Jaqueline.

    1. Paola Rodrigues

      Jaqueline, fiquei muito emociada com sua mensagem. Caraca, 2012! Você pegou minha época de vício em vírgulas!
      Seguimos recomeçando com muito medo, mas como todo mundo diz, vai com medo mesmo.
      O blog também é seu 🙂
      Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.